25 de novembro de 2017

Nota de pesar pelo falecimento da jurista Ada Pellegrini Grinover

FOTO 3

A Associação Nacional dos Procuradores dos Estados e do Distrito Federal (Anape), com profundo pesar, lamenta a morte da jurista ítalo-brasileira Ada Pellegrini Grinover.

A processualista e procuradora estadual aposentada pelo Estado de São Paulo faleceu na 5ª feira (13/7), aos 84 anos. Ada foi sepultada no Cemitério Horto da Paz, em Itapecerica da Serra (SP), na tarde do último sábado (15/7).


Ada Pellegrini deixou um extenso legado como pesquisadora. A jurista escreveu e organizou mais de cem obras voltadas ao direito processual e civil, e atuou como livre docente até os 70 anos na Universidade de São Paulo (USP), onde se graduou em direito em 1958.


Além de participar da elaboração do Código de Processo Civil de 2002, Ada trabalhou na reforma do Código de Processo Penal e do Código de Defesa do Consumidor, e foi coautora de leis como a de Interceptações Telefônicas e do Mandado de Segurança. Durante a carreira de jurista, ela recebeu o título de doutora honoris causa pela Universidade de Milão e se tornou integrante da Academia Paulista de Letras.


O presidente da Anape, Telmo Filho, afirma que a morte de Ada representa a perda de “uma importante expoente da comunidade jurídica” e de “uma grande integrante” da advocacia pública estadual.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.