• (61) 3224-4205
  • (61) 3963-7515

Associação debate reformas administrativa e previdenciária em Assembleia-Geral do Fonacate

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

As diretrizes para a atuação na preservação das prerrogativas dos funcionários públicos foi a pauta da assembleia-geral, realizada nesta terça-feira (10), na sede do Fonacate. Dirigentes de diversas entidades que compõem o Fórum estiveram reunidos para deliberar sobre a articulação em temas como Reformas Previdenciária e Administrativa, além das ações da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público. A Anape esteve representada pelo 1° vice-presidente, Bruno Hazan.

De acordo com Hazan, quanto à Reforma da Previdência, que deve ser apreciada em primeiro turno na sessão do dia 18, o trabalho agora será focado em analisar e filtrar as mais de 500 emendas apresentadas à PEC 6/2019 e, assim, maximizar os esforços. “Também vamos aprimorar as estratégias de comunicação para falar de uma forma mais direta com a sociedade, com a mídia, com as nossas bases, e mostrar a importância do serviço público, já pensando nas próximas reformas que virão”, acrescentou.

As ações da recém-criada Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público também foram debatidas na reunião. Para os dirigentes, o avanço na tramitação do PLS 116/2017, que acaba com a estabilidade do servidor público, da PEC 438/ 2018, que permite a redução temporária de jornada e salário de servidores, e da PEC 423/ 2018, que determina que o descumprimento da regra de ouro por três anos consecutivos permita a demissão de servidores estáveis, requer uma atuação forte para para defender as prerrogativas da categoria.