• (61) 3224-4205
  • (61) 3963-7515

Aberto XLII Congresso Nacional dos Procuradores em Vitória

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Mais de 600 Procuradores discutem a influência do novo CPC

Com o auditório do Centro de Convenções de Vitória recebendo um bom público, foi aberta na terça-feira (11/10), a quadragésima segunda edição do Congresso Nacional dos Procuradores dos Estados e do DF, que este ano aborda o tema “A influência do Novo Código de Processo Civil na atuação da Advocacia Pública”.

A solenidade de abertura reuniu mais de 500 Procuradores de todo o país e contou com a presença do Vice-Governador do Espírito Santo, César Colnago, entre outras autoridades.

12_10_2016_07_24_3412_10_2016_07_28_1412_10_2016_07_25_31

No discurso de boas-vindas, o Presidente da APES, Leonardo Carvalho da Silva, ao agradecer a presença dos colegas, revelou as angústias envolvidas na preparação do Congresso Nacional e a sensação de dever cumprido. Ao final, desejou a todos que aprendam um pouco mais, mas que não deixem de se divirtir muito.

O Procurador-Geral do Estado, Rodrigo Rabelo Vieira, abordou a realidade da classe e os desafios enfrentados no dia-a-dia. Por sua vez, o Presidente do Colégio Nacional dos Procuradores-Gerais, Francisco Wilkie, pediu licença aos presentes para quebrar a liturgia e se dirigiu aos colegas declamando versos.

Em seguida, o Presidente Marcello Terto, reafirmou a satisfação de mais uma vez declarar aberto o principal evento da classe, esse ano com o lançamento da Cartilha da PEC 82, na próxima quinta-feira, pelo Movimento Nacional da Advocacia Pública com a presença dos Presidentes das associações da advocacia pública federal. No discurso, reafirmou que o Estado é a última frente de combate para que os procuradores disponham de prerrogativas e condições essenciais para a execução do trabalho em defesa do Estado e do erário público, no combate à corrupção.

12_10_2016_07_29_10

Ao se manifestar aos presentes o Vice-Governador César Colnago reconheceu a importância do trabalho realizado pelos Procuradores do Estado e, que possibilita aos gestores uma administração segura e eficiente no campo jurídico. “Sejam bem-vindos e desfrutem das nossas belezas”, concluiu Colnago.

Na sequencia, o evento promovido pela ANAPE em parceria com a Associação dos Procuradores do Estado do Espírito Santo – APES – teve o Professor Diogo de Figueiredo Moreira Neto como o palestrante da conferência de abertura. Ao final, o Procurador do Estado do Rio Grande do Sul, Tiago Gubert Cury, foi agraciado com a placa do Prêmio Diogo de Figueiredo concedida ao autor da tese vencedora entre as apresentadas em 2015.

12_10_2016_07_30_0612_10_2016_07_30_57

Prestigiaram o evento o Vice-Presidente da OAB Nacional, Luís Cláudio da Silva Chaves, o secretário-geral adjunto, Ibaneis Rocha Barros, o presidente da seccional Espirito Santo, Homero Junger Mafra, o Presidente da associação Nacional dos Procuradores e Advogados Públicos Federais, Antonio Rodrigues e a Presidente do Conselho Deliberativo da ANAPE, Santuzza da Costa Pereira.